Rua Alagoas, Nº 251, Vila Rebelo , Garça / SP (14) 9 8154.0371 joaogabrieldesiderato@dcac.adv.br
Aumentar / Diminuir Fonte

Dicas para o(a) advogado(a) criminalista iniciante

Olá, amigos. Tudo bem?

Segue artigo da semana. Espero que gostem.

É comum, em início de carreira, o advogado e a advogada estarem desesperados, cheios de dúvidas e incertezas. Você que está passando por isso, saibas que não estás sozinho. Todo profissional em início de carreira passa por isso.

A ausência de prática profissional nas cadeiras universitárias é sentida, posteriormente, quando da lida diária nos fóruns, delegacias etc.

A advocacia criminal é um sacerdócio, profissão desafiadora, que exige um grau técnico muito alto, o que pode levar ao nervosismo a pessoa que está em vias de iniciar na carreira de advogado criminalista. 

O ideal, portanto, é tentar se acalmar, respirar fundo e, principalmente, saber que existe solução e diversas formas de ajuda para superar o primeiro momento mais tenso da carreira, passando pela instabilidade emocional e ajudando a superar o trauma advindo das experiências iniciais da carreira.

Pretendo, neste curtíssimo artigo, dar-lhes algumas dicas que entendo serem úteis nessa condição de principiante na carreira, lembrando-lhes que, primeiramente, não sou o dono da verdade (pois não existe verdade absoluta) e que não existe fórmula mágica para quase nenhuma situação.

A primeira dica é: estude muito! Existe hoje em dia muito material gratuito disponível na internet e muitos cursos com preço totalmente acessível, principalmente pela qualidade das informações. 

Alguns cursos que recomendo (cursos que abordam bastante a prática da advocacia criminal em início de carreira, dentre outros temas): qualquer curso do professor Evinis Talon (aqui faço uma observação, pois o professor Evinis também disponibiliza uma quantidade muito grande de material gratuito e de qualidade indiscutível), cursos do canal Ciências Criminais (qualquer curso avulso ou os de assinatura, como o VOX e LOCUS) e cursos de extensão oferecidos pela ESA/OAB. 

Outra dica é: assista o máximo possível de audiências que puder. Presenciar a atuação do Ministério Público, do juiz e de Advogados mais experientes lhe trará segurança e conhecimento para poder atuar com confiança.

A última dica que deixo para hoje é a seguinte: caso o nervosismo persista, procure pelo menos no início levar consigo algum colega mais experiente na área. Convide-o a acompanhá-lo na delegacia, no fórum, nas salas de audiência, enfim, onde precisar. Tenho certeza que sempre haverá alguém disposto a ajudar um colega em início de carreira.

Não deixe que o nervosismo e insegurança te afaste dos seus sonhos. Lute por aquilo que ama fazer e que sempre desejou.

Enfim, por hoje é isso, pessoal. 

Espero que tenham gostado do artigo. Forte abraço.

Escrito e publicado em 06/03/2020

Tags: direito penal advocacia criminal processo penal lei de execução penal advogado criminal advogado criminalista

Mais Artigos que podem te interessar

Assine nossa Newsletter

Receba em seu E-Mail conteúdo de Qualidade?